ILOVEXV 2019

Fotos e texto por. Renato Custodio

Esse é um daqueles dias que sempre quis ver de perto no Rio. Uma vez por ano o coletivo ilovexv faz uma “skateata” que saí do MAM e vai até a praça XV, passando por alguns picos clássicos do centro. Em 2011 eles conseguiram a liberação da praça XV depois de muita luta e o apoio de atrizes globais. Sou suspeito pra falar o quão foda é a cena de skate do Rio, mas de longe o que me vem a cabeça é: menos é mais! Longe dos holofotes, da mídia e do mainstream, o dia do skate que eles comemoram é aquele famoso original de rua.

Piriquito sem asa, Wilbor, Pharrá, Leo, Padrinho e por aí vai, o coletivo é grande, tipo um coração de mãe. O Skate longe das olimpíadas ta lindo de ver, sabe aquela marca Plural? Multiplica por 10 e bota as Britney ao cubo.

Nesse último sábado saímos do MAM e passamos pela “Escultura para o Rio” de Waltercio Caldas, pico que sempre admirei nas fotos do Fernando Martins com Rafael Gomes. Foi foda! Fiquei sabendo que essa escultura foi destruída para passagem do VLT e depois reconstruída, que doidera! Brasil é assim, feito pra “inglês ver”. Agradecemos, mas choramos porque bobo a gente não é sempre, só as vezes. Kkk

Na bota fomos pra um pico novo, bordas de mármore preto perfeita e uma escada voltando na portuguesa. Ah, e o wallride de chapisco, o que foi o Espinoza atropelando aquilo como se fosse nada, de prima e sem massagem. Na sequência, passamos pelo hidrante naquela charmosa rua que tinha uma borda com transição naipe. Foi aí que começou a sessão de litrão com mano G-Track.

Chegamos na praça e estava lindo, aquela tarde clássica ensolarada, um astral que da vontade de parar no tempo. Uma par de tendas, de massagem até tatuagem, fim da feira clássica de rua que rola aos sábados, dando espaço para as bandas que começaram no meio da tarde.
O famoso ollie em distância que o Pablo pulou 21 skates foi foda de ver! Anularam nosso mano Piriquito, mas ele passa bem! Depois teve sessão no skate do Cupim, show do Acid Drop, Afilial, Baga e mais umas bandas que não lembro! Pra fechar; cinema na praça, projeção de vários vídeos, premieres 1000, coisa fina! Dormi, acordei e ainda vi Lorran editado por Cotinz.

Que beleza de dia, obrigado!

Ah, e de quebra deixamos aqui o link do novo vídeo da HZC (Huflez Crew) “Tudo sem padrin”. Na moral mesmo, esse vídeo ta mais legal que o da primitive que saiu agora, tem até contagem de no comply: