Pontus Alv – VISTA 33

Publicado em 19/10/2021

Pontus Alv é um skatista sueco inspirador que povoa nossos sonhos já faz um bom tempo. Apresentado ao mundo com seu filme “The Strong of Strogest” tornou-se referência quando o assunto é criatividade, independência e mobilização fora dos grandes eixos. E agora, no momento em que promove seu novo filme, “In Search Of The Miraculous”, temos a oportunidade de conhecer um pouco mais o universo desse cara que leva o “faça você mesmo” como missão de vida. 

Diretamente do conforto da sua casa, Pontus fala sobre sua vida, ou como ele mesmo faz questão de frisar, da sua vida com o seu skate, o seu melhor amigo.

Para começar a entender um pouco mais da sua atmosfera, acredito que seria importante saber quais são as coisas boas e ruins em viver na Suécia?

As coisas boas são: que este é meu lar e não há nada como nossa casa. Eu amo este lugar e todos os meus amigos, o amor e a família estão aqui. Tem uma cena de skate incrível com um sem fim de terrenos para andar. É pequeno e muito fácil de se locomover. A única coisa ruim sobre este lugar é que os verões são muito curtos e os invernos são, por vezes, muito árduos. Mas é assim mesmo. Às vezes eu sinto que poderiam ter alguns bares mais perto…

Você pode nos contar um pouco sobre seu novo vídeo, “In Search Of The Miraculous”?

Não é fácil fazer um filme, mas a principal coisa sobre meu novo filme é que eu queria que fosse o mais diferente possível do meu primeiro, mas que ainda houvesse uma ligação entre eles. No primeiro filme fui para a escuridão. Eu queria me definir, e também, o que o skate é para mim. Neste filme eu estou procurando a luz na vida, tentando ver a beleza e a grande cena. Eu quero que seja colorido, leve e inspirador. Acho que é mais difícil de trabalhar com elementos clássicos, como um belo arco-íris de um pôr do sol e assim por diante, mas eu também gosto do desafio. Eu não gosto de conversar e explicar o meu trabalho porque às vezes eu nem sei. Eu sigo por um sentimento e um espírito. Se eu posso sentir isso, talvez, outros possam. Mas minha filosofia principal é: A minha inspiração e motivação são para inspirar você a se inspirar.

Como funciona a escolha da trilha sonora de seus filmes?

Eu acho que a música é um dos elementos mais importantes de um filme de skate. É a base e o elo entre tudo. Com a música/som é que você pode realmente criar o ambiente e definir o tom de uma parte/seção. É o ritmo e o fluxo do filme, traz para cima e para baixo, para frente e para trás, o som é tudo. É a única coisa que você pode trabalhar com a criação de drama e contraste. Então eu passo um período muito grande pesquisando diferentes músicas, criando muitas versões diferentes antes de chegar e dizer “ok, é isso aí”. Uma canção precisa trabalhar com todas as outras canções para criar um bom fluxo global, um redline durante todo o filme. O som é super importante para mim.

Qual é a sua opinião sobre vídeo de skate em geral? Como você acredita que um filme deve ser pensado?

Eu acho que filmes de skate em geral se concentram apenas em manobras e sinto que acaba sendo superficial, no fim. Apenas um relatório de manobras. Para mim, o skate é mais do que manobras e tento definir o quadro geral. Tudo que passamos na vida, assuntos da nossa história e nosso presente, nossos sonhos, nossos pensamentos futuro, a nossa vida de amor, trabalho, amigos e assim por diante. Como me sinto hoje? Bem, quando eu pisar no meu skate eu vou saber. Se o meu coração estiver quebrado, minha mente confusa ou minha alma está estressada meu skate vai me dizer e, juntos, vamos expressar os sentimentos que estamos passando. Isso é para mim, é uma das melhores coisas sobre o skate. Ele está sempre lá para você, fiel e amoroso, quase como um cão. Nós sempre podemos fugir juntos e ventilar a vida seja ela qual for, podemos conversar sobre sexo, amigos, história, podemos falar de tudo e na maioria das vezes vamos encontrar uma solução para quase tudo, ou pelo menos vou me sentir melhor. Falar sobre as coisas com um bom amigo ajuda e, é por isso que eu amo tanto o meu skate. Ele é meu melhor amigo e espero que possamos envelhecer juntos de alguma forma. É assim que eu vejo o skate. É algo muito mais profundo e complexo do que apenas manobras e acho que os filmes devem mostrar todos os lados do skate. Faça o filme de maneira pessoal e trabalhe com todos os elementos da vida e eu acredito que nós poderemos ver alguns filmes de skate mais profundos e significativos do que esses vídeos com imagens de empresas de marketing, logotipos e “relatórios de manobras” da elite.


Aqui no Brasil ainda não temos uma grande indústria de vídeos. A grande maioria dos lançamentos são feitos de forma independente por skatistas que decidem comprar uma VX e filmar seus amigos. Você tem dicas para eles?

Isso é o que eu faço bem! Tenho uma VX2100, algumas câmeras antigos de Super 8 e VHS. Seja criativo e pense “fora da caixa”. A câmera não faz o filme, o conteúdo e a ideia são as responsáveis por isso. Então não se preocupe com técnicas, foque em uma história, uma mensagem ou um sentimento, etc.


Claro que um dos principais interesses em relação a Pontus Alv é sua maneira inovadora de ver os spots e até mesmo de fazer seus spots. O que você acha desse louco chamado Pontus Alv?


Eu apenas estou tentando retribuir tanto quanto eu puder para skate e para a minha cena. Eu trabalho duro para a minha cidade e eu amo construir spots e me expressar de maneiras diferentes. Meu ponto principal é motivar todos esses skatistas preguiçosos ao redor do mundo que estão sentados em suas borda de merda reclamando de tudo. Junte essa merda toda e faça da sua cena um lugar melhor para vocês e seus amigos. Faça acontecer porque tudo o que você sonha está na sua frente. Você apenas tem que trabalhar para isso.

O que podemos esperar de Pontus Alv nos próximos capítulos?

Eu só faço o que faço e vou continuar fazendo isso por um longo tempo. Eu amo andar de skate e fazer minhas coisas por aqui. Eu realmente não me preocupo com o que é ou o que as pessoas pensam disso. Eu sou independente e posso fazer o que diabos eu quero. Gostem ou não, eu vou continuar fazendo isso. Eu acho que é maravilhoso e lindo quando as pessoas ficam inspirados e motivados com meu trabalho. A fama não é realmente uma motivação, nem dinheiro. Eu faço tudo direto do meu coração com amor e paixão, Eu só acredito em minhas visões e ideias e tudo o que vem com elas, vem com elas.

Mais em. http://insearchofthemiraculous.se/

Texto por Tobias Sklar