VANS GIRLS SKATE NIGHT

Uma história sobre mulheres, contada por mulheres, para mulheres. Esse é tom do vídeo assinado pela Vans e lançado no Brasil semana passada, no primeiro Girls Skate Night, em São Paulo. Pela tela, as convidadas conheceram o projeto da indiana Atitia Verghese. Na companhia da skatista profissional Lizzie Armanto, ela vem ensinando meninas a andarem de skate; mais ainda, colocando na prática questões como “perder o medo, correr riscos e descobrir novas habilidades”. Muita coisa acontece quando mais mulheres sobem no skate. A noite dedicada ao skate feminino no Alto Bomra, localizado no bairro paulistano do Bom Retiro, foi mais uma prova disso.

VANS GIRLS SKATE NIGHT
VANS GIRLS SKATE NIGHT
VANS GIRLS SKATE NIGHT
VANS GIRLS SKATE NIGHT
VANS GIRLS SKATE NIGHT

Além da première brasileira da campanha, o evento contou com aulas comandadas pela Associação Feminina de Skate (ASFK), em um espaço para as mulheres andarem à vontade (comprovando a diversão do horário feminino). Nas oficinas de ilustração com Melissa Baltazar e de grafitti com Mari Mats (que ensinou a mexer no spray sobre um tênis Sk8-Hi gigante), a chance de aprender novas técnicas de arte. Além disso, uma exposição coletiva deu ainda mais cara e personalidade ao skate feminino brasileiro: Dora Varella e Yndiara Asp, nomes fortes da nova geração, estamparam as fotos de Carine Wallauer e inspiraram os desenhos de Melissa Baltazar. Sem contar que andaram muito com as convidadas e deram um incentivo a mais para quem quer experimentar ficar sobre rodas. Nas palavras de Yndi: “O skate é meu porto seguro. Se estou com ele, sei que estou bem. Saio na maior velocidade, uso para me proteger. É meio de transporte, diversão e trabalho”.

_Expo: ao lado da pista, uma série de obras criadas pela fotógrafa Carine Wallauer e a ilustradora Melissa Baltazar foi exposta em andaimes. O ponto de partida foi criar coletivamente algo novo a partir do skate: Dora Varella e Yndiara Asp entraram com manobras, leveza e agilidade em um ensaio realizado no Velódromo da USP. Sobre as fotos de Carine, Melissa riscou silhuetas femininas, traduzindo em desenho o que sente sobre amizade feminina e companheirismo. A sequência completa de fotos pode ser vista na matéria anterior da Vista, que inclui também entrevistas com a dupla de skatistas. Já a sobreposição de foto e ilustração está na cobertura fotográfica realizada por Emelyn Cruz – e deve ser exposta novamente em breve.

 

vista.art.br/dora-varella-yndiara-asp/

 

_Música: para embalar as aulas de skate, a DJ Lu Riot montou um set baseado na cultura da rua. Entre suas escolhas, muita referência aos anos 90 e às próprias memórias de campeonatos que ela costumava frequentar na adolescência. Sua parceira no coletivo musical Dedo de Moça, a também DJ Ju Salty, foi responsável pela trilha do outro vídeo transmitido às convidadas, dirigido por Carine Wallauer, com Dora e Yndy. A ideia foi mixar fragmentos criados por bandas exclusivamente femininas, que lembram que mulheres sobre skates aumentam o tom da voz coletiva.

 

_Aulas: o projeto da Vans para mulheres segue depois do evento Girls Night Skate com aulas gratuitas para mulheres, sob coordenação das professoras da ASFK. Anote: todas as segunda-feiras, às 20h30min, o horário é feminino no Largo da Batata, em São Paulo. Skates, capacetes e outros equipamentos estarão à disposição, basta chegar.

Texto: Raquel Chamis
Fotos: Emelyn Cruz & Marina Nacamuli